Alemanha confirma envenenamento de opositor de Putin por agente químico


Stephanie Halasz e Bryony Jones, da CNN
02 de setembro de 2020 às 12:11 | Atualizado 02 de setembro de 2020 às 12:37

O governo alemão anunciou, nesta quarta (02), que o líder da oposição russa Alexey Navalny foi envenenado com um agente químico nervoso do grupo Novichok.Em 2018, a mesma substância foi utilizada para envenenar o ex-espião russo Sergei Skripal e sua filha no Reino Unido. A Rússia, na ocasião, negou envolvimento na ação.

O Novichok é um grupo de agentes que atacam o sistema nervoso desenvolvido pela União Soviética nos anos 1970 e 1980.

Leia mais:
Porta-voz diz que opositor de Putin está em coma; França oferece asilo
Com suspeita de envenenamento, opositor de Putin é internado em Berlim

Ativista russo em frente a diversas bandeiras do país

Líder ativista da oposição ao governo russo, Alexei Navalny

Foto: Reuters

Navalvy, que adoeceu durante um voo da cidade siberiana de Tomsk para Moscou no mês passado, está internado em um hospital em Berlim, capital da Alemanha.

O porta-voz do governo alemão, Steffen Siebert, informou em comunicado que é "surpreendente que Alexei Navalny tenha sido vítima de um ataque com agente químico nervoso na Rússia".

"O governo alemão condena este ataque nos termos mais duros possíveis. Desejamos uma recuperação total para Alexei Navalny", complementou.

(Texto traduzido; clique aqui para ler o original em inglês)