Mundo ultrapassa marca de 35 milhões de casos de Covid-19


Diego Freire, da CNN, em São Paulo
05 de outubro de 2020 às 00:07 | Atualizado 05 de outubro de 2020 às 01:15
Movimento em rua comercial de São Paulo durante pandemia da Covid-19

Movimento em rua comercial de São Paulo durante pandemia da Covid-19

Foto: Amanda Perobelli/Reuters (15.jul.2020)

O mundo ultrapassou, neste domingo (4), a marca de 35 milhões de casos do novo coronavírus, segundo contagem do painel em tempo real da universidade americana Johns Hopkins. Às 23h50 deste domingo, a instituição contabilizava 35.075.423 casos acumulados em todo o planeta desde o início da pandemia, além de 1.036.095 mortes por complicações da Covid-19.

Leia também:
Prefeito de Nova York planeja lockdown em pontos críticos

Os Estados Unidos são o país com mais casos confirmados do vírus (7,4 milhões), seguidos por Índia (6,5 milhões), Brasil (4,9 milhões) e Rússia (1,2 milhão).

Na lista dos países com mais mortes em decorrência do vírus, os Estados Unidos também aparecem na primeira posição (com 209,8 mil óbitos), seguidos por Brasil (146,3 mil), Índia (101,7 mil) e México (79 mil).

Segundo a contagem da Johns Hopkins, 24.414.521 das pessoas que se infectaram pelo vírus desde o início da pandemia podem ser consideradas recuperadas.