Estados Unidos batem recorde de casos diários de Covid-19

Este o maior número de infecções diárias registradas no país desde o início da pandemia

Fabrício Julião*, da CNN, em São Paulo
24 de outubro de 2020 às 08:41
Profissional de saúde colhe amostra para teste de detecção da Covid-19 
Foto: Fabrizio Bensch/Reuters (5.ago.2020)

Os Estados Unidos registraram 83,757 novos casos de coronavírus na sexta-feira (23), segundo atualização da Universidade Johns Hopkins deste sábado (24). Este o maior número de infecções diárias registradas no país desde o início da pandemia. 

O recorde diário de casos até então era 77.299, em 16 de julho, de acordo com a Universidade. Além do crescimento na taxa de contágio, o novo recorde negativo ocorre em meio a um aumento de hospitalizações e óbitos. 

Leia mais:
CNN Mundo: O que o último debate pode mudar na escolha do eleitor dos EUA?

Especialistas recentemente têm alertado as autoridades americanas sobre as consequências futuras do vírus. “O crescimento no número de infectados em mais de 30 estados não mudará espontaneamente. Temos que fazer algo a respeito”, disse Anthony Fauci, principal autoridade médica em doenças infecciosas dos EUA. 

Em entrevista à Erin Burnett, na CNN, Fauci pediu para os americanos dobrarem os cuidados e ampliarem as medidas de prevenção. 

Pelo menos oito estados americanos registraram recorde de internações na quinta-feira (22): Kentucky, Nebraska, Dakota do Norte, Ohio, Oklahoma, Dakota do Sul, Wisconsin e Wyoming. Outros 18 relataram aumento de hospitalizações em razão do coronavírus. Em Nashville eTennessee, os hospitais tiveram crescimento de 40% da demanda. Funcionários afirmaram à CNN que isso pode ameaçar a capacidade de atender os pacientes. 

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, os Estados Unidos possuem, até a última atualização, 8.494.044 casos de Covid-19 e 223.998 mortes devido ao vírus. 

(*Supervisão de Luiz Raatz)