Argentina legaliza maconha para uso medicinal

Farmácias vão vender produtos à base de cannabis

Da CNN, em São Paulo
12 de novembro de 2020 às 15:59


 

O governo da Argentina legalizou nesta quinta-feira (12) o cultivo da maconha para uso medicinal.

A nova regulamentação autoriza o cultivo doméstico e a venda de óleos e cremes a base de cannabis para fins terapêuticos em farmácias. Os pacientes interessados em plantar as mudas precisam ter indicação médica e se registrar no Ministério da Saúde do país. 

Assista e leia também:

Uso de maconha exige mais anestesia e aumenta a dor após cirurgias, diz estudo

STJ: Importar pequena quantidade de sementes de maconha não é crime

A autorização para o cultivo vale para o próprio paciente, para uma terceira pessoa ou para uma organização civil.

A quantidade de plantas permitidas será definida depois do cadastro. Quem não quiser cultivar poderá recorrer às farmácias autorizadas. Além disso, a importação de produtos também passa a ser legal.

(Edição Leonardo Lellis)