Uma em cada quatro mortes na França é causada por Covid-19, diz premiê

Jean Castex diz que uma pessoa é hospitalizada no país a cada 30 segundos por causa da doença; ele pedirá adiamento de eleições regionais

Da CNN
13 de novembro de 2020 às 09:19
Ruas de Paris vazias durante lockdown para conter o novo coronavírus
Foto: Benoit Tessier -19.mar.2020/Reuters

Uma em cada quatro mortes na França atualmente é causada pelo novo coronavírus, disse o primeiro-ministro, Jean Castex, na quinta-feira (12).

Em entrevista coletiva, Castex disse ainda que uma pessoa é admitida em hospitais do país a cada 30 segundos. "A pressão sobre o nosso sistema hospitalar aumentou drasticamente", afirmou

Castex afirmou ainda que o país pode impor novas medidas de restrição caso a segunda onda da doença piore nos próximos dias, mas espera que a situação esteja melhor perto do Natal.

"Seria irresponsável amenizar as restrições agora", disse o primeiro-ministro, negando que o país pretenda diminuir as medidas nas próximas semanas.

Assista e leia também:
Um parisiense é infectado com Covid-19 a cada 30 segundos, diz ministro francês
Podcast: Europa volta a ser epicentro da Covid-19 e países retomam quarentena
França retorna a lockdown nacional para conter nova onda de casos de Covid-19

Quando o presidente Emmanuel Macron autorizou novas medidas de restrição na França, ele disse que as novas infecções precisavam ser reduzidas para 5.000 por dia para que as medidas fossem suspensas.

Na quinta (12), o país registrou 33.172 novos casos de Covid-19 e 425 mortes. No total, a França tem 1.898.710 infecções e 42.960 óbitos.

O número de internações por Covid está em patamar recorde, com 32.638 pacientes hospitalizados.

Adiamento de eleições

Nesta sexta-feira (13), Castex afirmou que pedirá um adiamento de três meses para as próximas eleições regionais, marcadas para março de 2021, devido à propagação da pandemia Covid-19.

O gabinete de Castex disse que o premiê tentará adiar as eleições para junho do próximo ano.

(Com informações da Reuters)