Trump sai enfraquecido, mas país continua polarizado, afirma especialista


da CNN, em São Paulo
13 de janeiro de 2021 às 23:03 | Atualizado 13 de janeiro de 2021 às 23:06


A aprovação do impeachment do presidente Donald Trump na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, mostra o quanto o republicano está enfraquecido. O ambiente polarizado no país, porém, não vai embora tão cedo. Essa é a avaliação de Christopher Garman, diretor para as Américas do Grupo Eurasia.

“Joe Biden sai fortalecido com a crise da semana passada [a invasão do Capitólio], mas, ao mesmo tempo, temos um país cada vez mais dividido, polarizado, a despeito do enfraquecimento político do presidente Trump”, disse Garman em entrevista à CNN

“No curto prazo vamos ver sinais de calmaria, mas essas raízes que dividiram o país é algo que nos preocupa ao longo desse ano e no ano que vem”, continuou.

O afastamento definitivo de Trump depende agora do Senado, onde são necessários dois terços dos votos para o impedimento.

Além desse julgamento que está por vir, de acordo com o especialista, outro fator que o enfraquece é a falta de comunicação com a sua base. 

Isso porque o Facebook tirou do ar a conta do republicano, o Twitter o baniu completamente, o YouTube suspendeu a página oficial do presidente por tempo indeterminado, e o Parler, que saiu do ar, pode não voltar mais.

 

(Publicado por Sinara Peixoto)