Homem mora por três meses em aeroporto dos EUA por medo da Covid-19

Aditya Singh, de 33 anos, foi preso no Aeroporto de Chicago e alegou que tinha medo de voltar para casa e contrair a doença

Da CNN, em São Paulo
19 de janeiro de 2021 às 11:46 | Atualizado 19 de janeiro de 2021 às 15:04

Um homem foi descoberto pelas autoridades morando há três meses em um aeroporto dos Estados Unidos. Aditya Singh, de 33 anos, foi preso no Aeroporto de Chicago, um dos mais movimentados do mundo, após funcionários de uma empresa aérea pedirem a ele um documento de identificação. O homem mostrou um crachá que ele mesmo havia furtado de um gerente de operações do local. Aditya, que é da Califórnia, segue detido.

Em uma audiência de custódia, ele disse ao juiz que ficou morando no aeroporto por três meses por estar com medo de voltar pra casa e pegar Covid-19. Segundo a imprensa americana, o homem sobreviveu de doações de comida de passageiros.

Homem é descoberto após morar por três meses em aeroporto dos Estados Unidos por medo do novo coronavírus
Foto: Reprodução/CNN Brasil (19.jan.2021)

(Publicado por Leonardo Lellis)