Portugal suspende o uso da vacina da AstraZeneca em pessoas com menos de 60 anos

Paralisação temporária acontece após possíveis ligações entre a injeção e casos muito raros de coágulos sanguíneos

Da Reuters
08 de abril de 2021 às 15:44 | Atualizado 08 de abril de 2021 às 15:46
Profissional da Saúde prepara dose de vacina da AstraZeneca contra Covid-19
Profissional da Saúde prepara dose de vacina da AstraZeneca contra Covid-19
Foto: Yves Herman - 15.mar.2021/Reuters

Portugal suspendeu temporariamente, nesta quinta-feira (08), o uso da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19 para menores de 60 anos em meio a preocupações com possíveis ligações entre a injeção e casos muito raros de coágulos sanguíneos.

"Quero destacar que o objetivo da campanha de vacinação em Portugal é salvar vidas e prevenir doenças graves", disse Graça Freitas, chefe da autoridade sanitária, em entrevista coletiva. "Isto pode ser conseguido com qualquer vacina aprovada em Portugal".

O coordenador da força-tarefa de vacinação, Henrique Melo, disse que a decisão de administrar vacinas AstraZeneca apenas para menores de 60 anos teria apenas um "pequeno" impacto sobre a implementação da vacinação.