'Lembraremos do príncipe Philip pelo seu apoio à rainha', diz Boris Johnson

Boris Johnson disse que o príncipe ajudou a manter a monarquia como uma instituição vital ao Reino Unido

Weslley Galzo, da CNN, em São Paulo
09 de abril de 2021 às 08:37 | Atualizado 09 de abril de 2021 às 09:03

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, fez um pronunciamento na manhã desta sexta-feira (9), em Londres, para agradecer ao príncipe Philip pela contribuição política aos países que formam o reinado. O integrante da Família Real Britânica morreu no Castelo de Windsor, em Berkshire, na Inglaterra.

"Nós agradecemos como nação pela vida do príncipe Philip", afirmou Boris Johnson. O primeiro-ministro disse que o duque de Edimburgo - outro título de Philip - ajudou a manter a monarquia como uma ''instituição vital'' ao Reino Unido.

"Nós nos lembramos do duque, acima de tudo por seu apoio constante à Sua Majestade a Rainha, não apenas como seu consorte, ao seu lado, todos os dias de seu reinado, mas como seu marido, sua força e permanência de mais de 70 anos", disse Johnson.

O premiê pediu aos cidadãos do Reino Unido que dediquem o dia para meditar em memória do príncipe e pelo bem da família real. "E é para Sua Majestade e sua família que os pensamentos de nossa nação devem se voltará hoje", disse. 

Johnson lembrou que Philip foi um dos mais longevos consortes da história do Reino Unido e, provavelmente, era uma das últimas pessoas do país a ter combatido na Segunda Guerra Mundial. Ao lembrar o legado do duque, o primeiro-ministro destacou que ele era um ''ambientalista e um campeão do mundo natural muito antes de estar na moda".

(Com informações da Reuters)