Rússia diz que conversa com EUA é 'sinal positivo' para possível cúpula

Apesar das diferenças, ambos países enfatizaram que ainda podem trabalhar em conjunto; negociações ajudam Moscou a decidir sobre cúpula entre Putin e Biden

Reuters
20 de maio de 2021 às 09:00 | Atualizado 20 de maio de 2021 às 09:56
Vladimir Putin
O presidente da Rússia, Vladimir Putin
Foto: Kremlin

O Kremlin classificou as conversas entre Rússia e Estados Unidos como "construtivas" nesta quinta-feira (20). Segundo o governo russo, a conversa entre os principais diplomatas de Moscou e Washington foi um "sinal positivo" para a realização de uma cúpula potencial entre o presidente Vladimir Putin e o presidente Joe Biden.

O secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, manteve conversações com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, na Islândia, nesta quarta-feira (20). 

Ambos enfatizaram que seus países têm sérias diferenças, mas ainda podem encontrar maneiras de trabalhar juntos.

Falando a repórteres em uma teleconferência, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que as negociações entre Lavrov e Blinken ajudariam Moscou a decidir sobre a possibilidade de realizar uma cúpula.

Peskov disse que Moscou analisará as negociações antes de Putin tomar qualquer decisão sobre o encontro com Biden.