Ariel Henry toma posse como primeiro-ministro do Haiti

O país caribenho vive uma instabilidade política desde a morte do presidente Jovenel Moïse, em 7 de julho

Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo
20 de julho de 2021 às 17:29 | Atualizado 20 de julho de 2021 às 17:50
Primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry
Foto: Reprodução/Twitter/@ArielHenryPM

O neurologista Ariel Henry tomou posse nesta terça-feira (20) como novo primeiro-ministro do Haiti.

O país caribenho vive uma instabilidade política desde a morte do presidente Jovenel Moïse, em 7 de julho.

Henry assumiu o papel de líder da nação mais pobre do Hemisfério Ocidental em uma cerimônia na capital Porto Príncipe. 

O primeiro-ministro interino Claude Joseph anunciou nesta segunda-feira (19) sua saída do cargo, abrindo espaço para a posse do médico e político de 71 anos.

Joseph assumiu interinamente como premiê após o assassinato de Jovenel Moïse, que havia designado Henry como premiê pouco antes de sua morte.

O acordo encerra dias de negociações entre os dois homens sobre quem lideraria a nação caribenha. Henry agora se tornará primeiro-ministro e Joseph manterá seu papel original como ministro das Relações Exteriores do Haiti, disse o atual ministro eleitoral, Mathias Pierre, à CNN na segunda-feira.

"As negociações sobre a composição do resto do governo ainda estão em andamento, não há nenhum anúncio oficial até agora", disse Pierre.

Até o momento, 30 pessoas já foram presas suspeitas de estarem ligadas a morte do presidente haitiano.

*Com informações da Reuters