Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Morrem 38 imigrantes após barco virar no Iêmen, diz autoridade

    Segundo as Nações Unidas, 97 mil imigrantes africanos chegaram ao Iêmen no ano passado

    Um barco da guarda costeira do Iêmen passa pelo navio FSO Safer no porto de Ras Issa, na província de Hodeidah, no Iêmen, em 30 de maio.
    Um barco da guarda costeira do Iêmen passa pelo navio FSO Safer no porto de Ras Issa, na província de Hodeidah, no Iêmen, em 30 de maio. Getty Images

    Mohammed Ghobarida Reuters

    Nesta segunda-feira (10), 38 imigrantes do Chifre da África morreram depois que o barco que os transportava virou perto de Áden, no Iêmen, disseram testemunhas e uma autoridade local.

    Hadi Al-Khurma, diretor do distrito de Rudum, disse à Reuters que o barco afundou antes de chegar à costa da província de Shabwa, a leste de Aden.

    “Pescadores e residentes conseguiram resgatar 78 dos imigrantes, que relataram que cerca de 100 outros que estavam com eles no mesmo barco estão desaparecidos. A busca ainda está em andamento e as Nações Unidas foram informadas do incidente”, disse a autoridade.

    Segundo a ONU, 97 mil imigrantes do Chifre de África chegaram ao Iêmen no ano passado.