Alec Baldwin diz que não puxou gatilho de arma durante filmagens de Rust

Disparo acidental no set de filmagem matou a cineasta Halyna Hutchins; ator concedeu primeira entrevista sobre o acidente para a rede de TV ABC

Alec Baldwin disparou um tiro acidental que matou a diretora de fotografia durante filmagem do filme "Rust"
Alec Baldwin disparou um tiro acidental que matou a diretora de fotografia durante filmagem do filme "Rust" REUTERS/Carlo Allegri

Jill Serjeantda Reuters

Ouvir notícia

O ator Alec Baldwin afirmou que não puxou o gatilho da arma que disparou um projétil de chumbo e matou a cineasta Halyna Hutchins no set do filme “Rust”.

A informação foi revelada durante uma entrevista para a televisão divulgada nesta quarta-feira (1º).

Baldwin, que estava segurando uma arma que lhe disseram que estava segura quando ela disparou, deu sua primeira entrevista completa sobre o ocorrido no dia 21 de outubro no Novo México, Estados Unidos.

“Bem, o gatilho não foi puxado. Eu não puxei o gatilho”, disse o ator ao jornalista da ABC George Stephanopoulos, de acordo com o trecho da entrevista, que será transmitida por completo nesta quinta-feira.

“Então você nunca puxou o gatilho?” Stephanopoulos pergunta.

“Não, não, não. Eu nunca apontaria uma arma para ninguém e puxaria o gatilho. Nunca”, Baldwin respondeu. O disparo acidental matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins e feriu o diretor Joel Souza.

Baldwin classificou o evento como “trágico acidente” no set de filmagens de um faroeste chamado “Rust”, que ele estava filmando perto de Santa Fé.

As autoridades em Santa Fé não puderam ser contatadas imediatamente para comentar a declaração de Baldwin nesta quarta.

Nenhuma acusação criminal foi arquivada. Os investigadores têm concentrado seus esforços em como a munição real foi parar no set de filmagem.

À ABC, Baldwin disse que não tinha ideia de como a munição real entrou no set. O ator mantido a discrição desde o acidente no Rancho Bonanza Creek, perto de Santa Fé.

Baldwin, que foi a estrela e também produtor do faroeste, “contou em detalhes o que aconteceu no set naquele dia”, disse Stephanopoulus nesta quarta-feira no programa “Good Morning America”, da ABC, antes da transmissão.

“Como você pode imaginar, ele está arrasado, mas também foi muito franco, muito aberto. Ele respondeu a todas as perguntas”, revelou Stephanopoulos.

Após o tiro acidental, dois membros da equipe de filmagem entraram com ações civis acusando Baldwin, os produtores entre outros de negligência e protocolos de segurança frouxos.

Os produtores disseram que estão conduzindo sua própria investigação interna.

(Edição de Richard Chang e Leslie Adler)

Mais Recentes da CNN