Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Após balão, EUA tentam mostrar eficiência em segurança nacional, diz professor

    À CNN Rádio, Bernardo Wahl de Araújo avaliou que a atenção a respeito dos três objetos voadores abatidos tem a ver com ineficiência diante da crise do balão chinês

    Amanda Garciada CNN

    Ainda não é possível prever qual a dimensão da ameaça a respeito dos três objetos voadores abatidos pelos Estados Unidos.

    Esta é a avaliação do professor de relações internacionais da FESPSP e da FMU.

    “Talvez o presidente Joe Biden esteja se colocando como figura que pode lidar com desafios da segurança nacional dos Estados Unidos”, afirmou, à CNN Rádio.

    De acordo com ele, a polêmica do balão chinês demorou a ter uma resposta, o que “mostrou ineficiência.”

    “Ao derrubar os objetos, os EUA buscaram demonstrar que sabe lidar com assuntos de segurança nacional, que é um assunto que domina a agenda política norte-americana e é fundamental no contexto de eleições”, completou.

    Bernardo Wahl acredita que pode haver mais informações que o governo dos EUA “não está revelando e novos dados a partir do resgate dos destroços do balão que foram resgatados.”

    “A partir da investigação e informações obtidas podemos ter quadro mais preciso do que eles representam”, ponderou.

    Para o professor, o caso do balão intensificou as tensões entre Estados Unidos e China.

    *Com produção de Isabel Campos