Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ataque de drone da Ucrânia provoca incêndio em subestação de energia na Rússia

    Caso aconteceu na cidade de Rostov e foi relatado por autoridades locais

    Pilotos de drones ucranianos lançaram seis drones contra o navio de guerra russo, fazendo-o afundar. 5/02/2024
    Pilotos de drones ucranianos lançaram seis drones contra o navio de guerra russo, fazendo-o afundar. 5/02/2024 Peter Rudden/CNN

    Um ataque da Ucrânia com drones na noite de segunda-feira (8) a uma subestação de energia na região de Rostov, na Rússia, causou um incêndio. A informação foi divulgada pelo governador da região sul russa, que faz fronteira com a Ucrânia, na terça-feira (9) no horário local.

    “Como resultado de um ataque aéreo no distrito de Rodionovo-Nesvetaysky, dois transformadores pegaram fogo em uma subestação de energia”, escreveu Golubev no aplicativo de mensagens Telegram, acrescentando que sistemas de defesa aérea destruíram dezenas de drones.

    Ataque a hospital infantil em Kiev

    Os ataques ucranianos acontecem depois que um ataque russo contra alvos em cidades por toda a Ucrânia nesta segunda-feira (8), matou ao menos 37 pessoas e feriu outras 170, de acordo com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky.

    O bombardeio em larga escala atingiu áreas na capital Kiev, além de Dnipro, Kryvyi Rih, Slovyansk e Kramatorsk.

    Ao menos 27 pessoas, incluindo três crianças, foram mortas na capital, disse a administração militar da cidade de Kiev. Dessas, duas pessoas foram mortas e pelo menos 16 ficaram feridas no ataque ao hospital Okhmatdyt de Kiev.

    Duas pessoas foram mortas e pelo menos 16 ficaram feridas em um ataque ao hospital Okhmatdyt de Kiev. A instalação é o maior centro médico infantil da Ucrânia e tem sido vital no cuidado de algumas das crianças mais doentes de todo o país.

    Todos os anos, cerca de 7 mil cirurgias, incluindo tratamentos para câncer e doenças hematológicas, são realizadas no hospital, de acordo com o ombudsman de direitos humanos da Ucrânia, Dmytro Lubinets.

    Mais de 600 pacientes foram retirados do hospital, com mais de 100 transferidos para outras unidades de saúde, informou Liashko, de acordo com a agência de notícias estatal Ukrinform.

    Rússia diz que atacou instalações militares

    Os ataques foram parte de um raro bombardeio diurno em cidades ucranianas, algumas das quais são áreas densamente povoadas, longe das linhas de frente.

    O ministério da defesa da Rússia afirmou que Moscou atacou “instalações industriais militares da Ucrânia e bases aéreas das forças armadas ucranianas” usando armas de longo alcance e alta precisão.

    Isso acontece um dia antes dos Estados Unidos sediarem uma Cúpula da Otan, a aliança militar ocidental, em Washington, na qual novos anúncios sobre o apoio militar, político e financeiro da aliança para a Ucrânia são esperados.

    FOTOS – Veja destruição no hospital infantil de Kiev