Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ataques diretos entre Israel e Irã acabaram, diz fonte de inteligência regional

    Ataque israelense em província a 350 quilômetros do Teerã aconteceu nas primeira horas desta sexta-eira (19), de acordo com os EUA

    Nic Robertsonda CNN

    Jerusalém

    Uma fonte regional de inteligência com conhecimento da potencial reação do Irã ao ataque israelense nesta sexta-feira (19), segundo uma autoridade dos EUA, disse que os ataques diretos entre os dois inimigos estavam “encerrados”.

    Fontes dos EUA confirmaram que Israel realizou um ataque na província de Isfahan, a cerca de 350 quilômetros da capital Teerã. O sistema de defesa iraniano foi ativado e abateu o que seriam três drones israelenses.

    A fonte, que não estava autorizada a falar publicamente, falou à CNN sob condição de anonimato cerca de duas horas e meia depois de a CNN ter relatado pela primeira vez os ataques.

    A fonte disse que, tanto quanto é do seu conhecimento, não se esperava que o Irã respondesse aos ataques – mas não deu uma certeza.

    Autoridades do governo iraniano tentaram até agora minimizar o impacto do ataque desta sexta-feira.

    Os militares israelenses não comentaram e o Irã não identificou a origem do ataque.

    O ataque

    Israel realizou um ataque direto contra o Irã nesta sexta-feira (19), segundo confirmou um oficial dos Estados Unidos à CNN. O alvo não era uma instalação nuclear, ainda segundo a fonte.

    Uma televisão estatal iraniana também afirmou que instalações nucleares não foram atingidas. Um radar do Exército pode ser um dos alvos do ataque, e janelas de vários edifícios de escritórios foram quebradas na área, segundo a agência iraniana Fars.

    Sistemas de defesa aérea foram ativados na província de Isfahan e derrubaram três drones, segundo a agência estatal iraniana. Uma autoridade do Irã afirmou à Reuters que não houve ataque com mísseis e que as explosões ouvidas foram resultado da ativação da defesa aérea.

    Veja também: Ataque de Israel no Irã não atingiu instalações nucleares, dizem EUA

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original