Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    AtlasIntel: intenção de voto para eleição no Paraguai revela empate técnico

    Para aproximadamente 55% dos respondentes, próximo presidente deve ser da oposição ou do partido Concertación

    Palácio presidencial do Paraguai
    Palácio presidencial do Paraguai Reprodução/Twitter @PresidenciaPy

    Tiago Tortellada CNN

    em São Paulo

    Uma pesquisa da AtlasIntel mediu a intenção de votos para as eleições presidenciais do Paraguai e revelou que, no primeiro turno, Efraín Alegre e Santiago Peña estão empatados tecnicamente, com aproximadamente 38% e 36% dos votos se o pleito fosse agora, respectivamente. Não souberam responder 3,5%.

    Em um cenário hipotético reduzido, Alegre aparece com pequena vantagem, de 43% contra 39% de Peña. Quanto à inclinação para o voto, destacam-se aqueles que disseram que nunca votariam em Alegre (47%) e os que disseram que nunca votariam em Peña (46%).

    A maioria dos paraguaios (54,7%) afirmou que prefere que o próximo presidente do país seja alguém da oposição ou do partido Concertación. Enquanto isso, 35,8% prefere que o Partido Colorado continue no poder. Não souberam responder 9,5%.

    Além disso, 85% dos respondentes expressou que sua intenção de voto é definitiva e que ela não mudará. Já 15,4% disse que poderia mudar de candidato.

    Quando perguntados “se as eleições fossem hoje, em quem votaria para presidente e vice-presidente do Paraguai?”, foram coletados os seguintes resultados:

    • Efraín Alegre/Sole Nuñez: 38,1%
    • Santiago Peña/Pedro Aliaña: 36,4%
    • Payo Cubas/Stilber Valdez: 14,5%
    • Euclides Acevedo/Jorge Querey: 2,8%
    • José Luis Chilavert/Sofia Scheid: 2,1%
    • Branco/Nulo/Não votará: 1,5%
    • Outra lista: 1,1%
    • Não sabe: 3,5%

    Demandas sociais

    A pesquisa da AtlasIntel também questionou os cidadãos paraguaios sobre os principais problemas no país.

    A corrupção foi o tema mais apontado, por 68% dos respondentes. Em seguida, está o acesso a serviços de saúde e medicamentos gratuitos, com 52%; e a insegurança, com 41%.

    Quanto às principais características que o próximo presidente do Paraguai deve ter, foram destacadas pelos entrevistados honestidade, patriotismo e inteligência.

    Metodologia

    Foram ouvidas 1.948 pessoas entre os dias 1 e 4 de abril de 2023. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

    A metodologia de seleção foi a de recrutamento digital aleatório (Atlas RDR).