Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Autoridades encerram buscas por sobreviventes após ataque com míssil russo em Lviv

    Pelo menos 42 pessoas ficaram feridas e 10 morreram em explosão de prédio residencial na Ucrânia

    Agente é visto no edifício residencial danificado por um ataque de míssil russo em Lviv na quinta-feira (6).
    Agente é visto no edifício residencial danificado por um ataque de míssil russo em Lviv na quinta-feira (6). Mykola Tys/SOPA/LightRocket/Getty Images

    Olga Voitovychda CNN

    O número de mortos aumentou para 10 após um ataque de míssil russo em Lviv, enquanto autoridades da cidade ucraniana ocidental disseram que os esforços de busca e resgate foram concluídos nesta sexta-feira (7).

    “Isso completará a operação de resgate e busca”, disse o prefeito de Lviv, Andrii Sadovyi, ao Telegram.

    Autoridades ucranianas disseram anteriormente que pelo menos 42 pessoas ficaram feridas no ataque.

    Todos os abrigos antiaéreos em Lviv estarão abertos “o tempo todo” após o ataque , disse Sadovyi à CNN na quinta-feira.

    Quando perguntado por que 10 dos abrigos da cidade foram fechados durante o ataque, Sadovyi disse que “devemos mudar completamente a situação dos abrigos”.

    “Temos na minha cidade 6.000 abrigos. São abrigos privados, abrigos do governo local, proprietários diferentes. Após o ataque dos mísseis, tomamos uma nova decisão – todos os abrigos devem estar abertos o tempo todo”, disse ele.

    Ele acrescentou que Lviv costumava ser uma cidade segura, mas agora “é uma situação muito difícil”.

    O tempo para os mísseis russos chegarem a Lviv se forem lançados da Crimeia é de cerca de 30 minutos, disse Sadovyi. Se forem lançados de Belarus, o tempo para chegar a Lviv é de 17 minutos.

    “Mas se a Rússia usar Kinzhal [mísseis], o tempo é de apenas 3 minutos”, disse ele.

    A Rússia alegou ter mirado apenas em alvos militares, mas Sadovyi disse que os mísseis russos atingiram a infraestrutura civil, incluindo prédios, escolas e escritórios.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original