Batalha por Donbass é uma das batalhas mais brutais da Europa, diz Zelensky

Segundo o presidente da Ucrânia, menino de 6 anos foi morto na região nesta segunda (13) após ataque russo

Victoria ButenkoJen Deatonda CNN

Ouvir notícia

A batalha pela região de Donbass, no leste da Ucrânia, “certamente ficará na história militar como uma das batalhas mais brutais na Europa e para a Europa”, disse o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, em discurso nesta segunda-feira (13).

Isso ocorre depois que oficiais militares ucranianos disseram no início do dia que suas tropas foram afastadas do centro da cidade de Severodonetsk, que junto com sua cidade gêmea Lysychansk, está no centro da batalha atual pelo que ainda está sob controle ucraniano na região de Luhansk, em Donbass oriental, na Ucrânia.

As autoridades também disseram que três pontes importantes que ligam Severodonetsk a Lysychansk agora estão intransitáveis ​​para veículos, o que significa que as rotas de abastecimento e as evacuações por essas vias são impossíveis.

Zelensky disse que os ucranianos enfrentam a “vantagem significativa dos russos na quantidade de equipamentos e, especialmente, sistemas de artilharia”.

“O preço desta batalha para nós é muito alto. É apenas assustador. E chamamos a atenção de nossos parceiros diariamente para o fato de que apenas um número suficiente de artilharia moderna para a Ucrânia garantirá nossa vantagem e, finalmente, o fim da tortura russa do Donbass ucraniano”, acrescentou.

Zelensky disse que um menino foi morto na segunda-feira por um bombardeio russo na batalha por Lysychansk.

“É isso: um menino de 6 anos na rua Moskovska também é, como se viu, um inimigo perigoso para a Federação Russa”, disse ele.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN