Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Biden anunciará planos para estabelecer porto em Gaza em discurso do Estado da União

    Alto funcionário disse que porto incluirá um cais temporário que “fornecerá capacidade para centenas de caminhões adicionais de assistência todos os dias"

    Presidente dos EUA Joe Biden em Washington
    Presidente dos EUA Joe Biden em Washington 5/3/2024 REUTERS/Evelyn Hockstein

    Da CNN

    O presidente dos Estado Unidos, Joe Biden, deve anunciar novas medidas para estabelecer um porto em Gaza para ajuda humanitária durante seu discurso sobre o Estado da União na noite de quinta-feira (7), disseram altos funcionários do governo.

    “Esta noite, no discurso, o presidente anunciará que está dando instruções aos militares dos EUA para liderarem uma missão de emergência para estabelecer um porto no Mediterrâneo, na costa de Gaza, que possa receber grandes navios que transportam alimentos, água, medicamentos e abrigos temporários”, disse um funcionário do governo na quinta-feira.

    O porto incluirá um cais temporário, disse um segundo alto funcionário, que “fornecerá capacidade para centenas de caminhões adicionais de assistência todos os dias” a ser coordenado com Israel, as Nações Unidas e organizações humanitárias não-governamentais. Os envios iniciais de ajuda virão através de Chipre, disse o funcionário.

    Não ficou imediatamente claro quando o porto estaria em funcionamento: “Essa nova capacidade significativa levará algumas semanas para ser planejada e executada. As forças que serão necessárias para completar esta missão já estão na região ou começarão a deslocar-se para lá em breve”, disse um segundo responsável.

    À medida que as severas restrições de Israel à entrada de ajuda na Faixa de Gaza drenam suprimentos essenciais, os palestinos deslocados disseram à CNN que estão lutando para alimentar a si próprios e aos seus filhos.

    Embora as autoridades norte-americanas acreditem que a entrega de ajuda através de rotas terrestres seja “a forma mais eficiente e econômica de obter assistência”, o anúncio de Biden sublinha a urgência do momento.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original