Biden critica Trump por suposta declaração sobre soldados: ‘nojenta’

Trump teria chamado de 'perdedores' e 'idiotas' soldados mortos e feridos em combates

O candidato à Presidência dos Estados Unidos Joe Biden
O candidato à Presidência dos Estados Unidos Joe Biden Foto: Jonathan Ernst/Reuters (17.jun.2020)

Eric Bradner

da CNN

Ouvir notícia

candidato democrata Joe Biden comentou sobre declarações polêmicas que o presidente Donald Trump teria feito sobre soldados mortos e feridos, em uma conversa particular. Biden classificou a fala do presidente como “nojenta” e disse que isso mostra que Trump “não é adequado” para a presidência.

As observações de Biden, feitas em discurso na sua cidade natal, Wilmington, Delaware, vieram no dia seguinte ao que a revista The Atlantic publicou que fontes não identificadas relataram que Trump havia feito comentários depreciativos sobre membros do exército que foram mortos e feridos, e que em dado momento chamou os que morreram em batalha de “perdedores” e “otários”. Trump disse nesta sexta-feira (4) que a história é falsa.

“Se esses depoimentos forem verdadeiros, o presidente deveria desculpar-se humildemente a cada mãe e pai que perderam seus filhos em serviço às Forças Armadas dos Estados Unidos e a cada família que tem filhos lutando no exército neste momento, que ele depreciou e insultou. Quem ele acha que é?”, disse Biden.

O democrata também relembrou comentários que Trump fez em 2015 sobre o ex-senador John McCain como ‘prova’ das crenças do republicano. O presidente disse na época que McCain não é um herói de guerra porque foi capturado no Vietnã.

Leia também:
Trump insinua que pessoas deveriam votar 2 vezes para testar sistema eleitoral
Biden diz que conversou com Jacob Blake: ‘afirmou que nada vai derrotá-lo’
Trump: bolsas caíram por realização e porque ‘alguém que disse algo estúpido’

Biden disse que os supostos comentários de Trump o levaram ao mais próximo que já esteve de perder a compostura durante a corrida presidencial de 2020.

Ele lembrou que seu filho Beau Biden, falecido em 2015 por causa de um tumor cerebral, serviu no exército em Kosovo e no Iraque, e declarou que ele “não era um otário”.

“Dever, honra, nação: Esses são os valores que guiam nossos membros no serviço, de forma totalmente voluntária. O presidente demonstrou que não tem senso de serviço, nenhuma lealdade a não ser por si mesmo”, disse Biden.

Se eu tiver a honra de ser o próximo comandante desse país, eu vou assegurar que nossos heróis americanos saibam que eu estou com eles, eu honro seu sacrifício, e aqueles que forem feridos estarão nas paradas militares”.

Donald Trump
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump
Foto: CNN (28.ago.2020)

Durante uma sessão de perguntas e respostas depois do discurso, Biden disse que os comentários de Trump eram “deploráveis”.

“Se são verdade, e baseado em tudo o que ele já disse, eu acredito que esse artigo diga a verdade, eu lhe faria uma pergunta retórica: Como você se sente? Como você se sentiria se tivesse um filho no Afeganistão agora? Como você se sentiria se tivesse perdido um filho, uma filha, um marido, uma esposa? Como você se sentiria, de verdade?”, ele disse

“Eu nunca estive tão desapontado em toda a minha carreira com um líder com o qual eu tenha trabalhado – presidente ou não”, declarou Biden. “É absolutamente condenável. É uma desgraça”.

(Texto traduzido do inglês, clique aqui para ler o original)

 

 

 

 

 

Mais Recentes da CNN