Biden diz que assessores de Trump atrapalham sua equipe de transição

Trump, que é do Partido Republicano, se recusa a admitir a derrota e seu governo apenas autorizou a colaboração com Biden no dia 23 de novembro

Da Reuters

Ouvir notícia

 

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta segunda-feira (28) que muitas das agências de segurança do país foram “esvaziadas” no governo do presidente Donald Trump, e que a falta de informação que deveria ser providenciada à equipe de transição pelo governo que está de saída era “irresponsável”.

“Nós encontramos alguns bloqueios da liderança política no Departamento de Defesa e no Gabinete de Administração e Orçamento”, disse Biden após uma reunião com sua equipe de política externa. 

Leia também:

Alguns republicanos planejam desafiar a vitória de Biden no Colégio Eleitoral

Análise: Qual deve ser a principal prioridade econômica de Joe Biden nos EUA?

“Agora nós não estamos conseguindo toda a informação que precisamos do atual governo em importantes áreas de segurança nacional. Não é nada menos do que irresponsabilidade, na minha opinião”, acrescentou o democrata. 

Após a vitória de Biden sobre Trump nas eleições do dia 3 de novembro, a equipe do democrata começou a se reunir com autoridades do governo apenas no final do mês de novembro para coordenar a transição de poder. 

Trump, que é do Partido Republicano, se recusa a admitir a derrota e seu governo apenas autorizou a colaboração com Biden no dia 23 de novembro.

Destaques da CNN Brasil Business:

Retrospectiva: veja quais foram os melhores investimentos em renda fixa em 2020

Ibovespa e dólar avançam após novas medidas de estímulo nos EUA

De olho na Mega da Virada? Saiba quantas pessoas já ganharam na Mega-Sena

Biden toma posse no dia 20 de janeiro. No início do mês, a equipe de Biden disse ter encontrado resistência a pedidos de informação de algumas das autoridades do Pentágono.

Mais Recentes da CNN