Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasileiros que ainda estão em Gaza poderão ter que esperar fila de 3 mil estrangeiros para sair

    Governo deve analisar a situação dos outros 40 brasileiros e familiares que ainda estão na Faixa de Gaza nos próximos dias

    Palestinos com dupla cidadania à espera de liberação para deixar a Faixa de Gaza
    Palestinos com dupla cidadania à espera de liberação para deixar a Faixa de Gaza Abed Rahim Khatib/Anadolu via Getty Images

    Tainá Farfanda CNN

    Brasília

    Após a conclusão do processo de repatriação dos 32 brasileiros e familiares que estavam na Faixa de Gaza, o governo federal deve começar a analisar, nos próximos dias, a situação dos outros 40 brasileiros em Gaza que continuam da zona de guerra e demonstraram interesse em deixar a região posteriormente.

    Porém, a CNN apurou que a avaliação de momento da diplomacia brasileira é que esse novo grupo deve ter que aguardar os 3 mil estrangeiros que estão na frente na fila para saída da Faixa de Gaza.

    De acordo com fontes que estão atuando na negociação, até que esses estrangeiros saiam, dificilmente egípcios, palestinos e israelenses aceitarão discutir a situação dos brasileiros.

    Nos últimos dias, a fronteira de Rafah, que conecta a Faixa de Gaza com o Egito, permaneceu fechada novamente e sem novas listas de saída de pessoas. Os 32 brasileiros conseguiram sair da zona de guerra porque estavam em uma lista anterior.

    O governo deve analisar caso a caso dessa nova lista.

    De acordo com relatos à CNN, diplomatas estão reunindo a documentação e dando assistência consular ao segundo grupo de brasileiros e familiares que demostraram interesse em deixar Gaza. O número de interessados, porém, costuma oscilar, chegando até a 50 pessoas.

    Tópicos

    Tópicos