Cachorro reencontra donos após cinco meses e viagem de 16 mil km

Separado dos donos pela pandemia, Pip fez longa jornada cheia de burocracias e protocolos para voltar para casa

Da CNN

Ouvir notícia

Depois de cinco meses separados por causa da pandemia da Covid-19, uma família australiana e o cachorro de estimação, chamado Pip, finalmente se reencontraram.

Ainda no começo da pandemia, a família teve que interromper uma viagem de veleiro ao redor do mundo e deixar os Estados Unidos às pressas.

Leia e assista também:

Separadas por pandemia, mãe e filha se reencontram em Israel após 6 meses
Projeto ajuda cachorros de rua em Belo Horizonte
Em noite fria, homem tira camiseta e veste cachorro em estação do metrô de SP

Pip, o cachorro que ficou separado dos donos por seis meses após restrições por
Pip, o cachorro que ficou separado dos donos por seis meses após restrições por conta da pandemia
Foto: Reprodução/CNN (3.set.2020)

Com prazo de 48 horas para embarcar rumo à Austrália, eles precisaram deixar para trás o pet, que ficou na casa de amigos no estado da Carolina do Norte.

Por causa das restrições para a entrada de pets na Austrália, o processo de retorno foi lento. A autorização para a viagem dele chegou em julho, mas depois de chegar em solo australiano, Pip ainda precisou passar por uma quarentena de dez dias.

Para completar, ele precisou esperar mais um pouco por causa do lockdown na região de Sidney e, depois de muita espera, finalmente reencontrou os donos.

Pip, que fez viagem de 16 mil km, para reencontrar os donos após separação
Pip, que fez viagem de 16 mil km, para reencontrar os donos após separação por causa da pandemia
Foto: Reprodução/CNN (3.set.2020)

(Edição: Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN