CDC revisa dados que sugerem que variante do Reino Unido pode ser mais letal

De acordo com um relatório divulgado pelo país, há "uma possibilidade realista" de que a nova variante tenha uma taxa de mortalidade mais alta do que outras

Elizabeth Cohen,

da CNN

Ouvir notícia

 

Cientistas dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA estão conversando com autoridades de saúde do Reino Unido para saber mais sobre os dados britânicos que sugerem que uma nova variante do coronavírus pode ser mais mortal.

“O CDC entrou em contato com as autoridades do Reino Unido e está revisando seus novos dados de mortalidade associados à variante B.1.1.7”, disse um funcionário do CDC à CNN no sábado, usando o nome científico da variante encontrada pela primeira vez no Reino Unido em novembro.

Ilustração em 3D representando o novo coronavírus
Ilustração em 3D representando o novo coronavírus
Foto: Nexu Science Communication/Reuters

 

Um  relatório do Reino Unido divulgado sexta-feira (22), afirma que há “uma possibilidade realista” de que a nova variante tenha uma taxa de mortalidade mais alta do que outras variantes.

Embora os dados não sejam conclusivos, o  primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson,  disse que “há algumas evidências de que a nova variante pode estar associada a um maior grau de mortalidade.”

 

Texto traduzido. Leia o original, em inglês.

Mais Recentes da CNN