Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Chanceler de FHC na época do 11 de setembro revela bastidores do dia no Brasil

    Em entrevista à CNN, Celso Lafer explica como o governo brasileiro reagiu no dia dos ataques terroristas nos EUA

    Da CNN

    Em São Paulo

    O ex-ministro das Relações Exteriores Celso Lafer estava em São Paulo no dia 11 de setembro de 2001. Em entrevista à CNN, ele falou sobre os bastidores do dia do atentado no Brasil.

    Naquela manhã, Lafer participava de um debate sobre negociações da diplomacia econômica brasileira na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

    “Depois de ter feito minha exposição, fui dar entrevista coletiva de imprensa. Foi quando um integrante do meu gabinete puxou a aba do meu paletó e disse ‘para já essa entrevista porque está acontecendo algo completamente inesperado'”, relembrou o ex-chanceler.

    O ex-chanceler contou sobre as providências iniciais tomadas pelo governo Fernando Henrique Cardoso. “Nossa primeira posição foi um ato de solidariedade em relação aos EUA e de inconformidade com o atentado terrorista”, disse.

    “Tive preocupação imediata com os brasileiros nos Estados Unidos. Para quem estava no Brasil, era difícil avaliar o tamanho do perigo e do estrago. Procurei contato com a nossa embaixada em Washington para informações sobre o que estava acontecendo e que iniciativas o governo americano estava querendo tomar”, afirmou o ex-ministro.

    Especial

    CNN Brasil apresentou uma programação especial neste sábado, 11/09, em transmissão simultânea com a CNN americana e com correspondentes espalhados pelos Estados Unidos, em homenagem às vítimas do atentado que completa 20 anos. Confira: