Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cobra de duas cabeças é a mais nova atração de Centro de Conservação nos EUA

    Cobra-rato ocidental de duas cabeças, com quase sete anos de idade, está em turnê por diferentes cidades americanas

    Uma cobra de duas cabeças chamada Tiger-Lily é a última atração do Burr Oak Woods Nature Center em Blue Springs, nos Estados Unidos
    Uma cobra de duas cabeças chamada Tiger-Lily é a última atração do Burr Oak Woods Nature Center em Blue Springs, nos Estados Unidos KMBC via CNN Newsource

    Da CNN

    Uma cobra de duas cabeças chamada Tiger-Lily é a última atração do Centro Natural Burr Oak Woods em Blue Springs, nos Estados Unidos.

    Becky Plumberg, que trabalha no local, diz que a cobra “é uma espécie de celebridade”.

    A cobra-rato ocidental de duas cabeças, com quase sete anos de idade, foi emprestada pela reserva Shepard of the Hills, em Branson. O animal está em turnê por diferentes cidades do Missouri.

    A primeira parada foi no Centro Natural Burr Oak Woods, em Blue Springs nos Estados Unidos.

    Plumberg explica que a obra foi encontrada ainda jovem por dois meninos. “Eles a encontraram embaixo do convés e perceberam que era algo especial.”, disse.

    A funcionária acrescenta que o animal é raro. “Geralmente na natureza eles não sobreviverão porque as duas cabeças competem por comida”, explica.

    Cobra-rato ocidental é comum no Missouri e pode viver até os 30 anos e chegar a 1,80 metro de comprimento, segundo o Centro de Conservação.

    Plumberg ainda diz que precisa alimentar ambas as cabeças da cobra “para que uma delas não pense que está estressada e sem comer”.

    Atração de sucesso no Centro de Conservação, a funcionária explica a popularidade: “É muito legal, quantas vezes você vê uma cobra de duas cabeças mostrando a língua para você?”