Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Combate no leste da Ucrânia deve aumentar nas próximas semanas, alerta Reino Unido

    Segundo o Ministério de Defesa britânico, Rùssia continua a reorientar seus esforços para as regiões de Donetsk e Luhansk

    Tanque em rua na região separatista ucraniana de Donetsk
    Tanque em rua na região separatista ucraniana de Donetsk 22/02/2022 REUTERS/Alexander Ermochenko

    Henrique Andradeda CNN

    São Paulo

    Ouvir notícia

    Os combates no leste da Ucrânia devem se intensificar nas próximas duas a três semanas, alertou o Ministério de Defesa do Reino Unido em novo boletim divulgado nesta terça-feira (12).

    Segundo a inteligência britânica, a Rùssia continua a reorientar seus esforços para a região, com foco em Donetsk e Luhansk, regiões separatistas que tiveram a independência reconhecia pelo presidente russo Vladimir Putin.

    O conflito também deve ser ampliado nas cidades de Kherson e Mykolaiv, com uma ofensiva na direção de Kramatorsk, cidade onde dezenas de pessoas morreram na semana passada após um ataque russo a uma estação de trem.

    As forças russas continuam a se retirar de Belarus para se deslocarem em direção às operações no leste ucraniano, informou o ministério britânico.

    Os comandates militares russos já sinalizam uma nova fase na guerra: um esforço total para tomar e manter as partes da região de Donbass, na Ucrânia, que ainda está sob controle ucraniano.

    As autoridades do leste da Ucrânia têm pedido a evacuação de muitas comunidades, abrindo corredores humanitários para que civis partam para partes mais seguras do país.

    Mais Recentes da CNN