Comemorações dos 70 anos de reinado de Elizabeth II começam amanhã; veja a programação

Festas se dividirão entre paradas, shows, corrida de cavalos e até missa em homenagem à monarca

Luana Franzãoda CNN*

Em São Paulo

Ouvir notícia

Nesta quinta-feira (2), a Rainha Elizabeth se tornará a primeira monarca a alcançar a marca de 70 anos no trono do Reino Unido. Para celebrar a data especial, o Palácio de Buckingham declarou um feriado de quatro dias – entre quinta e domingo (5) –, nos quais serão realizadas diversas festividades: desde um enorme show com a presença de ídolos como o Queen, até pequenas festas de rua organizadas por comunidades em todo o território comandado por ela.

A festa está sendo preparada há meses, e eventos ocorrem desde o início do ano. Isso porque duas datas são comemoradas em relação à chegada de Elizabeth à coroa. A primeira é o dia 6 de fevereiro – conhecido como Dia da Ascensão, data em que o rei George VI morreu e Elizabeth passou a ser a monarca do Reino Unido –, e a segunda é o dia 2 de junho, no qual ocorreu a cerimônia de coroação na Abadia de Westminster, em Londres, em 1952.

Entre as primeiras comemorações, esteve a visita de líderes de comunidades e voluntariados à casa de Sandringham, uma das residências reais, localizada em Norfolk, para comer bolos e ver uma exposição de itens relacionados ao jubileu. Na época, ela enviou uma mensagem ao povo, dizendo que “me dá prazer renovar a vocês o pacto que fiz em 1947, de que minha vida seria sempre devotada a seu serviço”.

Em janeiro, foi iniciado um campeonato de sobremesas em homenagem ao aniversário de reinado. Confeiteiros de todo o país puderam inscrever suas receitas inspiradas pela rainha, e uma torta de rocambole de limão suíço e Amaretti foi a vencedora. Entre os jurados estavam chefes e autores especializados, e um dos critérios de avaliação usados foi se a receita era “adequada para a rainha”.

Para as comemorações do feriado prolongado, todos os membros da família real britânica devem estar presentes, incluindo o príncipe Harry, Meghan Markle e seus dois filhos, Archie e Lilibet. A informação foi adiantada por uma fonte próxima ao casal, que ainda afirmou que eles não devem aparecer na tradicional varanda do palácio de Buckingham durante a parada Trooping the Colour. A rainha teria pedido que apenas membros que cumprem funções da realeza atualmente comparecessem no momento, o que exclui o casal e o príncipe Andrew, acusado de abuso sexual de menores.

A família real também colocou a venda diversos itens comemorativos do Jubileu de Platina, como canecas, itens de cerâmica, broches, cartões postais e até um urso de pelúcia.

Confira a programação dos quatro dias de festividades no Reino Unido em homenagem ao Jubileu de Platina da Rainha Elizabeth II:

2 de junho (quinta-feira)

  • Parada “Trooping the Colour”

Um dos eventos mais esperados pelos simpatizantes da monarquia britânica, a parada reunirá membros da família real em carruagens, mais 1.400 soldados, 200 cavalos e 400 músicos. Aberta ao público, a comemoração poderá ser vista pessoalmente ao redor do caminho da parada, ou em telões espalhados pela cidade. A parada também será transmitida pela BBC.

O evento ocorre anualmente há 260 anos para comemorar a coroação de soberanos britânicos, e recebe o nome devido à “colour”, a bandeira do regimento militar, levada pelo primeiro batalhão à frente da parada.

No final do evento, a família real britânica aparece reunida na varanda do palácio de Buckingham para assistir ao sobrevoo de aviões da Royal Air Force (RAF).

  • Acendimento das tochas

Tochas em homenagem à rainha serão acendidas em todo o Reino Unido, entre as oficiais e as inscritas pela população. A principal será acesa em Londres, além de outras nas 54 capitais dos países da Commonwealth.

3 de junho (sexta-feira)

  • Missa de Ação de Graças

O evento fechado ocorrerá na catedral de St. Paul, em Londres. A celebração contará com a presença de membros da família real – incluindo Harry, Meghan e Andrew – além de nomes relevantes dos cenários político britânico e europeu.

A celebração religiosa em agradecimento ao reinado de Elizabeth é relevante simbolicamente, uma vez que o monarca do Reino Unido também é o chefe da Igreja Anglicana.

Catedral de St. Paul, em Londres / Getty Images

4 de junho (sábado)

  • Corrida de cavalos em Epsom Downs

Apaixonada por cavalos, a rainha deve assistir a uma das mais tradicionais corridas na modalidade “flat” (sem obstáculos) da Inglaterra. O Derby em Epsom Downs é uma das únicas competições que os cavalos de Elizabeth não venceram até hoje, e havia expectativas de que o feito se realizaria no Jubileu.

No entanto, devido a lesões no final de 2021, os três cavalos da rainha –  Reach for the Moon, Educator e General Idea – foram retirados da competição.

  • “Platinum Party at the Palace”

Um dos maiores eventos da programação das comemorações dos 70 anos de reinado, o “Party at the Palace” será um enorme show na noite de sábado. Com três palcos montados em frente ao palácio de Buckingham, residência oficial da rainha, o público poderá assistir a performances de diversos artistas.

Entre as atrações estão a abertura com Queen + Adam Lambert, Alicia Keys, Hans Zimmer, George Ezra, Duran Duran, Andrea Bocelli e uma performance remota de Elton John – condecorado cavaleiro pela rainha Elizabeth, o que lhe dá direito ao almejado título de “sir”. A cantora Diana Ross encerra a noite.

O compositor e produtor de musicais britânico Andew Lloyd Webber criou um número especial para o evento, com participação do ator e diretor Lin-Manuel Miranda e membros dos elencos de “Fantasma da Ópera”, “Hamilton”, “Six” e “Rei Leão”.

Imagens do palco que será montado no exterior do Palácio de Buckingham / BBC Studio Events

Alguns espectadores sortudos poderão acompanhar a festa presencialmente: 10 mil ingressos foram sorteados ao público, que pôde concorrer mediante inscrição, e 7.500 foram distribuídos entre trabalhadores essenciais, incluindo funcionários do exército, voluntários e membros de caridades.

O tema do concerto gira em torno de inovações envolvendo britânicos que ocorreram nas últimas sete décadas, em áreas como a moda, esportes, o meio-ambiente e a música.

Na estrutura gigante, os três palcos são interligados por passagens decoradas com 70 colunas, cada uma representando um dos anos de reinado de Elizabeth.

5 de junho (domingo)

  • Grande Almoço do Jubileu

Mais de 60 mil pessoas se registraram junto à Coroa Britânica para fazer grandes festas em suas casas e comunidades, para comemorar o Jubileu de Platina. É esperado que mais de 10 milhões de pessoas se reúnam com família e amigos para um almoço temático. Além daqueles programados para acontecer no Reino Unido, mais de 600 reuniões devem ocorrer em outras partes do mundo, inclusive no Brasil.

  • Parada do Jubileu de Platina

Encerrando o feriado de comemorações, o domingo será marcado por mais uma parada na cidade de Londres. Nesta, a história dos 70 anos de reinado de Elizabeth serão recontados, com a participação de mais de 10 mil pessoas.

Tesouros nacionais devem ser exibidos e figuras importantes da música, dos esportes e das artes devem participar.

A icônica carruagem de ouro deve aparecer, mas a soberana não desfilará dentro dela. Ao invés disso, serão feitas projeções da passagem da rainha durante a sua coroação.

Ao final da parada, um coral e a Banda da Marinha de Sua Majestade devem entoar o hino do Reino Unido, “Deus Salve A Rainha”.

A carruagem de ouro é um dos itens mais icônicos da Coroa Britânica, e desfilará na parada de domingo (5) em homenagem à rainha; na imagem, participa do ensaio para as paradas / PA Images via Getty Images

*Sob supervisão.

Mais Recentes da CNN