Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Coreia do Norte diz que lançou 2 mísseis capazes de transportar armas nucleares

    Enfatizando que o teste de fogo foi outro aviso claro para seus inimigos, Kim Jong Un afirmou que o país "deve continuar a expandir a esfera operacional das forças armadas estratégicas nucleares"

    Lançamento de míssil norte-coreano é visto em uma foto divulgada pela mídia estatal na segunda-feira (10)
    Lançamento de míssil norte-coreano é visto em uma foto divulgada pela mídia estatal na segunda-feira (10) Rodong Sinmun

    Josh SmithJoori Rohda Reuters

    O líder norte-coreano, Kim Jong Un, supervisionou o lançamento de dois mísseis de cruzeiro estratégicos de longo alcance, informou a mídia estatal. O teste serviu para confirmar a confiabilidade e a operação de armas com capacidade nuclear implantadas em unidades militares.

    O lançamento também teve como objetivo “aumentar a eficiência e o poder de combate” dos mísseis de cruzeiro enviados ao Exército Popular da Coreia “para a operação de armas nucleares táticas”, disse a Korea Central News Agency (KCNA).

    Enfatizando que o teste de fogo foi outro aviso claro para seus inimigos, o líder Kim Jong Un afirmou que o país “deve continuar a expandir a esfera operacional das forças armadas estratégicas nucleares para impedir qualquer crise militar crucial e crise de guerra a qualquer momento”.

    Na segunda-feira, a KCNA revelou que Kim orientou exercícios táticos nucleares contra a Coreia do Sul em protesto contra os recentes exercícios navais conjuntos das forças sul-coreanas e norte-americanas envolvendo um porta-aviões.

    A KCNA relatou que os mísseis testados voaram para “atingir claramente o alvo a 2 mil quilômetros de distância”.

    Não ficou imediatamente claro se os lançamentos foram detectados por autoridades da Coreia do Sul, Japão ou Estados Unidos, que frequentemente monitoram e divulgam informações sobre as atividades de armas norte-coreanas.