Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Coreia do Norte lança míssil após enviar caças para perto da fronteira, diz Seul

    Tensão entre os países aumentou com recentes exercícios militares norte-coreanos

    Imagem de arquivo: lançamento de míssil em local não revelado na Coreia do Norte.
    Imagem de arquivo: lançamento de míssil em local não revelado na Coreia do Norte. KCNA via REUTERS

    Josh SmithDavid Brunnstromda Reuters

    A Coreia do Norte disparou um míssil balístico de curto alcance no mar de sua costa leste na sexta-feira (14) (quinta-feira, no horário de Brasília), disseram militares da Coreia do Sul.

    Mais cedo, os militares sul-coreanos informaram que despacharam caças quando um grupo de cerca de 10 aeronaves militares norte-coreanas se aproximou da fronteira que divide os dois países, em meio a tensões crescentes por conta dos repetidos testes de mísseis.

    A agência de notícias oficial da Coreia do Norte, a KCNA, citou os militares do país pontuando que foram necessárias “fortes contramedidas militares” após exercícios de fogo de artilharia da Coreia do Sul na quinta-feira (13).

    Os incidentes seguiram informações da KCNA de que o líder Kim Jong Un havia supervisionado o lançamento de dois mísseis de cruzeiro estratégicos de longo alcance na quarta-feira (12) para confirmar a confiabilidade de armas com capacidade nuclear implantadas em unidades militares.

    A frequência sem precedentes de lançamentos de mísseis da Coreia do Norte levantou preocupações de que o país possa estar se preparando para retomar os testes de bombas nucleares pela primeira vez desde 2017, embora alguns analistas não esperem isso antes que a vizinha China conclua um congresso do Partido Comunista, que começa em 16 de outubro.

    O Comando Indo-Pacífico dos Estados Unidos disse estar ciente do último lançamento de míssil e avaliou que ele “não representa uma ameaça imediata para funcionários ou ao território dos EUA, ou para nossos aliados”.