Covid-19: Mundo tem 43 milhões de casos; 8 países superam 1 milhão de infectados

EUA, Índia, Brasil, Rússia, França, Argentina, Espanha e Colômbia já ultrapassaram a marca de 1 milhão de casos do novo coronavírus desde o início da pandemia

Pessoas caminham de máscara em rua comercial do Rio de Janeiro durante pandemia da Covid-19
Pessoas caminham de máscara em rua comercial do Rio de Janeiro durante pandemia da Covid-19 Foto: Lucas Landau/Reuters (8.out.2020)

Diego Freire,

da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O mundo ultrapassou, na madrugada desta segunda-feira (26), pelo horário de Brasília, a marca de 43 milhões de casos do novo coronavírus, que causa a Covid-19. Segundo dados calculados em tempo real pela Universidde Johns Hopkins, às 2h50 desta segunda o planeta já havia somado 43.009.311 infecções confirmadas desde o início da pandemia. 

Segundo a mesma contagem, até o mesmo horário, 1.153.857 mortes por complicações decorrentes da Covid-19 foram registradas mundialmente. Enquanto isso, 28.959.776 pessoas podem ser consideradas “recuperadas” do vírus.

O novo coronavírus segue em aceleração em diversas partes do mundo e oito países já ultrapassaram a marca de 1 milhão de casos confirmados: Estados Unidos (8,6 milhões), Índia (7,9 milhões), Brasil (5,3 milhões), Rússia (1,5 milhão), França (1,1 milhão), Argentina (1 milhão), Espanha (1 milhão) e Colômbia (1 milhão).

A lista dos dez países com mais casos é completada por México (891 mil) e Peru (888 mil).

Entre os dez países com mais mortes em números absolutos, quatro estão localizados no continente americano e outros quatro na Europa, além de duas nações asiáticas.

A lista tem Estados Unidos (225 mil mortes), Brasil (157 mil), Índia (119 mil), México (88 mil), Reino Unido (44 mil), Itália (37 mil), Espanha (34 mil), França (34 mil), Peru (34 mil) e Irã (32 mil).

Mais Recentes da CNN