Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Crianças que sobreviveram a queda de avião na Colômbia são encontradas após 40 dias

    Jovens foram resgatados por tropas do Exército na fronteira dos departamentos de Caquetá e Guaviare, perto da área onde avião caiu

    Luis Jaime Acostada Reuters

    Quatro crianças indígenas foram resgatadas com vida nesta sexta-feira (9) nas selvas do sudeste da Colômbia, 39 dias depois que o pequeno avião monomotor em que viajavam caiu, disseram à Reuters duas autoridades de alto escalão das Forças Militares.

    As crianças foram resgatadas por tropas do Exército na fronteira dos departamentos de Caquetá e Guaviare, perto da área onde o avião Cessna 206, que cobria a rota entre Araracuara e a cidade de San José del Guaviare, caiu.

    “Estão vivos, estão vivos, os encontramos”, disse uma fonte militar de alto escalão próxima à operação de resgate, à Reuters.

    A aeronave com sete ocupantes declarou emergência na manhã de 1º de maio, devido a uma aparente falha no motor.

    Os três adultos que estavam no avião, incluindo o piloto, morreram e seus corpos foram encontrados dentro da aeronave, enquanto os quatro menores, de 13, 9 e 4 anos, bem como um bebê de 12 meses, sobreviveram ao impacto.

    Soldado e cachorro participam de operação de busca por crianças sobreviventes de queda de avião na selva há mais de duas semanas, na Colômbia / orça Aérea da Colômbia/Divulgação via REUTERS

    As informações preliminares das Forças Militares, que coordenaram os esforços de resgate de forma contínua apesar das dificuldades climáticas, indicam que as crianças saíram do avião e começaram a caminhar em busca de ajuda no meio da selva.

    Os socorristas, que contaram com o apoio de cães treinados em busca e resgate, encontraram vestígios de frutas que as crianças comeram para sobreviver, bem como abrigos improvisados feitos de vegetação no meio da selva.

    Aeronaves e helicópteros da Força Aérea e do Exército participaram das operações de busca e resgate.