Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Documento histórico revela detalhes da coroação do Rei Charles há quase um ano

    Monarca recebeu a coroa no dia 6 de maio de 2023, após a morte da rainha Elizabeth II

    Foto do rei Charles III e da rainha Camilla divulgada após anúncio de que monarca retomará funções públicas
    Foto do rei Charles III e da rainha Camilla divulgada após anúncio de que monarca retomará funções públicas Divulgação/Famíli real britânica

    Lauren Said-Moorhouse e Max Fosterda CNN

    O rei Charles III recebeu um documento histórico que registra oficialmente sua ascensão e coroação nesta quarta-feira (2).

    Charles se tornou rei após a morte de sua mãe, a rainha Elizabeth II, em 8 de setembro de 2022. Sua coroação foi realizada oito meses depois, em 6 de maio de 2023, em um evento diferente de tudo o que o Reino Unido tinha visto em sete décadas.

    O manuscrito apresentado e meticulosamente trabalhado foi levado para a sala de 1844 do Palácio de Buckingham e apresentado ao rei e sua esposa, a rainha Camilla, pela autora, Antonia Romeo, secretária da Coroa na Chancelaria.

    Dentro dele há um relato detalhado da ascensão de Charles, o planejamento meticuloso de sua coroação e um resumo detalhado de todos os elementos da magnífica procissão à cerimônia religiosa na Abadia de Westminster. Pela primeira vez em 700 anos, foi criado em papel, em vez do tradicional velino de pele animal.

    Originalmente escrito em latim e francês, a prática de fazer um registro oficial da coroação remonta a era de Eduardo II e Isabel em 1308. A maioria dos rolos hoje em dia são mantidos no Arquivo Nacional. O documento passou a ser em inglês no século XVII, mas isso não impediu o rei de fazer uma pequena piada sobre o passado enquanto o visualizava. “Pelo menos está em inglês”, brincou Charles.

    O monarca parecia estar emocionado com o presente e agradeceu a calígrafa Stephanie von Werthern-Gill e o artista Timothy Noad, que ajudaram a decorá-lo com símbolos nacionais do Reino Unido e anteriormente projetaram o King’s Cypher. “Eu não posso dizer o quão grato estou”, acrescentou, de acordo com a agência de notícias PA Media do Reino Unido.

    O rolo de 21 metros foi digitalizado para o público.

    Charles e Camilla ficaram encantados quando mostraram o novo site, onde os visitantes também podem assistir a entrevistas em vídeo com alguns que ajudaram a organizar o evento, incluindo a parlamentar britânica Penny Mordaunt, que ficou conhecida no dia como “a dama de azul” e Earl Marshal, o Duque de Norfolk, responsável pela organização de eventos estatais.

    “Tê-lo nos site, torna mais interessante para as pessoas”, observou o rei, de acordo com a PA Media.

    O vice-primeiro-ministro Oliver Dowden, que também estava na apresentação, disse: “A coroação marcou um novo capítulo em nossa história nacional e reflete o melhor de nossas tradições – que são admiradas em todo o mundo.”

    Ele acrescentou que a digitalização ajudaria a trazer “a tradição para o século 21” e permitir “a tantas pessoas a oportunidade de vê-lo.”

    O rei e a rainha também tiveram a oportunidade de ver vários outros rolos criados para seus antecessores, incluindo os de sua falecida mãe e a rainha Vitória.

    Este conteúdo foi criado originalmente em Internacional.

    versão original