Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleição na França terá novo duelo entre Macron e Le Pen

    Cinco anos atrás, Macron derrotou Le Pen com 66,1% dos votos no segundo turno

    Ingrid Melanderda Reuters

     A França enfrenta uma repetição do confronto eleitoral de 2017 entre Emmanuel Macron e Marine Le Pen, com Macron ainda favorito, mas em uma corrida muito mais acirrada, mostram pesquisas de opinião antes do primeiro turno de votação no domingo.

    Cinco anos atrás, Macron derrotou Le Pen com 66,1% dos votos no segundo turno, com eleitores de todos os matizes apoiando o recém-chegado centrista para derrotar o candidato de extrema-direita.

    Agora, uma pesquisa da OpinionWay e Kéa Partners para o jornal Les Echos e Radio Classique se tornou a última na segunda-feira a prever uma margem de vitória muito mais estreita de 53% a 47% para Macron.

    Sua liderança encolheu substancialmente porque, aparentemente distraído pela crise na Ucrânia, ele entrou na campanha tarde e se concentrou em reformas econômicas bastante impopulares, incluindo o aumento da idade de aposentadoria, perturbando seu campo.

    Enquanto isso, Le Pen viu sua campanha focada no declínio do poder de compra dos eleitores de renda média e baixa valer a pena, com suas classificações continuando a melhorar tanto no primeiro turno quanto no segundo turno, em 24 de abril.

    Para o primeiro turno de domingo, a OpinionWay projeta Macron com 28% dos votos e Le Pen com 22%.

    Todos os outros candidatos ficaram muito para trás e lutam para se classificar para o segundo turno, salvo uma grande surpresa.

    Jean-Luc Melenchon, da extrema esquerda, é visto com cerca de 14% dos votos no primeiro turno, segundo a OpinionWay, com o de extrema-direita Eric Zemmour e a conservadora Valerie Pecresse — uma vez vistas como sérios candidatos ao segundo turno — com 9% cada.