Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Entenda como o Hamas está usando os palestinos de escudo humano, aponta especialista à CNN

    Hamas colocou os seus depósitos de munição em túneis que passam por baixo de hospitais, escolas, centros sociais

    Da CNN*

    A dificuldade para a entrada de Israel na Faixa de Gaza existe, principalmente, devido à maneira como o Hamas construiu seus depósitos e barreiras, de forma a manter os palestinos como escudo humano, conforme Salvador Raza, especialista em segurança internacional, afirmou à CNN.

    “O Hamas colocou os seus depósitos de munição em túneis que passam por baixo de hospitais, escolas, centros sociais. Israel fica entre a cruz e a espada, ele precisa destruir aquele alvo de precisão para destruir o Hamas, mas ao mesmo tempo ele tem que evitar os danos colaterais, ou seja, civis.”

    O principal problema, segundo o especialista, é que o Hamas construiu barreiras nas estradas e, de certa maneira, obriga os palestinos a se manter na zona norte do território, o chamado escudo humano.

    “O Hamas se esconde através dos civis palestinos, deixa que eles sejam sacrificados, de maneira que, através dos palestinos, os atores terroristas possam buscar um grau de unidade e dar continuidade ao propósito deles.”

    Para o especialista, a entrada de Israel para poder desarticular o Hamas em Gaza precisa chegar em um ponto em que o Hamas não tenha mais capacidade de se reorganizar nos moldes em que ele está.

    O especialista explica que, em suma, o que acontece é uma tensão entre Israel, em termos da pressa e necessidade que ele tem de entrar em Gaza, e o grau de dificuldade que o Hamas põe para que ele possa ser retirado de lá.

    Luta contra o tempo

    Raza ainda avalia que a situação de Israel é delicada, porque também existe uma pressão contra o tempo. “Ele precisa entrar na faixa de gaza o mais rápido possível para conseguir colocar o início do fim nesse conflito. Israel precisa terminar com o Hamas, como prometeu”, pontua.

    Para isso, o país tem desenvolvido múltiplas ações ao mesmo tempo, uma delas é esse bombardeio que a gente observa e está gerando essa comoção internacional pelos civis palestinos.

    Ele precisou fazer isso, porque precisa primeiro amaciar o terreno, precisa eliminar os riscos maiores da entrada no território da Faixa de Gaza. Isso envolve os depósitos de munição, as áreas de lançamento, as fábricas de munição e armamento (que estavam sob controle do Hamas e foi destruída).

    “Todo o esforço, inclusive de buscar os líderes do Hamas, está sendo feito através de bombardeios e incursões. O exército de Israel tem entrado no território buscando os líderes do Hamas, e ele já declarou que não vai se limitar ao território da Faixa de Gaza, vai buscar esses líderes onde eles estiverem.”

    O exército já prendeu um líder na Cisjordânia e ficou claro quem seria a cabeça principal desse conflito todo, que é o principal alvo de buscas do exército israelense neste momento.

    Veja também: Papa pede corredores humanitários na Faixa de Gaza

    *Publicado por Iasmin Paiva, produzido por Renata Souza, da CNN