Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Erdogan chama campanha militar de Israel em Gaza de “tentativa de genocídio”

    Presidente turco reiterou pedido por um Estado palestino

    Presidente da Turquia, Tayyip Erdogan
    Presidente da Turquia, Tayyip Erdogan 19/12/2023REUTERS/Bernadett Szabo

    Hande Atay Alamda CNN

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, descreveu a ofensiva militar de Israel em Gaza como “uma tentativa de genocídio”.

    Falando durante o Fórum Diplomacia de Antalya, Erdogan disse na sexta-feira (1°): “O que está acontecendo em Gaza definitivamente não é uma guerra. É uma tentativa de genocídio”.

    “Até a guerra tem moral, etiqueta e lei que deve ser seguida. Aquela que deixa os bebês nos braços da mãe à fome e à sede, estamos falando de uma barbárie que bombardeia hospitais, igrejas, mesquitas, escolas, universidades, campos de refugiados , e ambulâncias”, acrescentou o líder turco.

    Ele reiterou os apelos por um Estado palestino, dizendo: “A menos que as palavras sejam apoiadas pela ação, não é possível parar a opressão na Palestina nem reconstruir a confiança no sistema internacional”.

    Especialistas das Nações Unidas descreveram anteriormente a campanha militar de Israel – lançada após os ataques liderados pelo Hamas em 7 de outubro – como um “genocídio em formação”.

    Mais de 30.200 pessoas morreram em Gaza desde 7 de outubro, informou na sexta-feira o Ministério da Saúde do enclave, com mais de meio milhão de pessoas à beira da fome, segundo agências da ONU. As Forças de Defesa de Israel insistiram que estão tentando limitar as baixas civis no enclave.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original