Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Este é um ato de guerra”, afirma Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia

    Explosão é vista na capital ucraniana de Kiev na quinta-feira, 24 de fevereiro
    Explosão é vista na capital ucraniana de Kiev na quinta-feira, 24 de fevereiro Gabinete do Presidente da Ucrânia

    Elizabeth Yeeda CNN

    Ouvir notícia

    Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia descreveu a ação militar da Rússia nesta quinta-feira (24) como um “ato de guerra”, em um comunicado publicado nas redes sociais.

    “Este é um ato de guerra, um ataque à soberania e integridade territorial da Ucrânia, uma violação grosseira do Estatuto da ONU e das normas e princípios fundamentais do direito internacional”, disse o porta-voz Oleg Nikolenko.

    Nikolenko disse que as tropas russas realizaram ataques a cidades ucranianas “pacíficas”, em uma ofensiva que visava “destruir o estado da Ucrânia, tomar território ucraniano à força e estabelecer o controle da ocupação”.

    “A Ucrânia está reivindicando seu direito de autodefesa de acordo com a lei internacional”, disse o comunicado, acrescentando que os militares ucranianos estão prontos para “repelir o agressor e defender a terra ucraniana com todas as suas forças”.

    Nikolenko pediu para a comunidade internacional “agir imediatamente”, solicitando que novas sanções sejam aplicadas à Rússia e que equipamentos militares sejam enviados para apoiar as capacidades de defesa da Ucrânia.

    “A vida e a segurança não apenas dos cidadãos ucranianos, mas também da segurança dos cidadãos da Europa e o futuro da ordem mundial dependem de nossa resposta unida”, concluiu o comunicado.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN