Estudante brasileira desaparece após entrar em trem na Alemanha

Lívia Perrone Medina está desaparecida desde o sábado (27). Estudante de mestrado, ela viajaria de Aachen para Colônia, mas não desceu na estação

Leonardo Lopes,

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A estudante brasileira Lívia Perrone Medina está desaparecida na Alemanha desde o sábado (27). A polícia da cidade de Aachen está investigando o caso.

A jovem de 27 anos é estudante de mestrado na Universidade Técnica da Renânia do Norte-Vestfália, na cidade de Aachen – a maior universidade tecnológica da Alemanha.

Segundo as informações da polícia local e da família, Lívia foi vista pela última vez às 9h30 em um trem intermunicipal alemão que iria de Aachen para Colônia, mas não desceu na estação. “Ela possui tatuagens nos braços, e estava usando óculos redondos e dourados”, descreveu a polícia de Aanchen.

“Como as medidas anteriores de investigação e pesquisa não levaram a seu paradeiro, solicitamos à população quaisquer informações que possam colaborar”, complementaram.

A estudante brasileira Lívia Perrone Medina que está desaparecida na Alemanha
A estudante brasileira Lívia Perrone Medina, que está desaparecida na Alemanha
Foto: CNN (2.jul.2020)

A família, que mora em Bebedouro (SP), lançou campanha nas redes sociais. “Se você está na Alemanha e tem informações relevantes, por favor, entre em contato com a polícia (LIGUE 110). Se você está no Brasil e tem informações, envie para nós, mas busque saber as fontes e peço que não compartilhe o que não foi confirmado por algum membro da família”, escreveu Maria Rita Perrone, mãe de Lívia, no Facebook.

Leia também:

Caso Madeleine: após 13 anos de desaparecimento, polícia fala em novo suspeito

Apesar do desespero para encontrar Lívia, a família se diz confiante que ela aparecerá em breve. ”Confiamos nas pessoas que estão nos ajudando e passando todas as informações para nós. Continuaremos positivos e nos sentindo abraçados e amados por todos aqueles que se demonstram sensibilizados em relação ao caso. Quando tivermos mais informações, iremos compartilhar”, escreveu a mãe.

A CNN entrou em contato com o Itamaraty e com o Consulado Brasileiro em Frankfurt, que informaram que o governo brasileiro está prestando toda a assistência à família, mas não deram mais detalhes por conta do direito da privacidade.

(Edição: Bernardo Barbosa)

Tópicos

Mais Recentes da CNN