EUA começam a treinar soldados ucranianos na Alemanha, diz Defesa

Será fornecido auxílio para artilharia, utilização de sistemas de radar e veículos blindados

Drone bélico Switchblade 300, enviados pelos EUA para a Ucrânia.
Drone bélico Switchblade 300, enviados pelos EUA para a Ucrânia. Divulgação AeroVironment

Michael ConteOren Liebermannda CNN

Ouvir notícia

Os Estados Unidos iniciaram treinamento para as forças armadas ucranianas em instalações militares na Alemanha, anunciou o Departamento de Defesa.

“Esses esforços se baseiam no treinamento inicial de artilharia que as forças da Ucrânia já receberam em outros lugares e também incluem treinamento nos sistemas de radar e veículos blindados que foram anunciados recentemente como parte dos pacotes de assistência à segurança”, disse o secretário de imprensa do Pentágono, John Kirby, em um comunicado a repórteres.

Kirby afirmou que a Alemanha é um dos “aproximadamente três” locais usados ​​pelos americanos para treinar ucranianos fora da Ucrânia, mas não divulgou quais são os outros.

Ele também destacou que “a maior parte do treinamento” será conduzida pela Guarda Nacional da Flórida, que já treinava membros do exército da Ucrânia antes de ser reposicionada fora do país, em fevereiro, antes da invasão russa.

“A recente reunião desses membros da Guarda Nacional da Flórida com seus colegas ucranianos, segundo relatos, foi uma reunião emotiva, dados os fortes laços que se formaram enquanto viviam e trabalhavam juntos antes de se separarem temporariamente em fevereiro”, pontuou Kirby.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN