Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    EUA suspenderão restrições de viagens a países do Sul da África a partir do dia 31

    No final de novembro, Biden seguiu o conselho de sua equipe de saúde e impôs restrições a oito países da África Austral

    Aviões da Delta Air Lines alinhados em portões de terminal do aeroporto LaGuardia, em Nova York.
    Aviões da Delta Air Lines alinhados em portões de terminal do aeroporto LaGuardia, em Nova York. Foto: Lindsey Nicholson/UCG/Universal Images Group via Getty Images

    Jeremy Diamondda CNN

    Ouvir notícia

    O governo Biden suspenderá as restrições a oito países da África Austral que foram postas em prática no mês passado, depois que a variante Ômicron foi identificada pela primeira vez por cientistas na África do Sul, disse um funcionário da Casa Branca à CNN.

    As restrições serão suspensas no dia 31 de dezembro. No final de novembro, Biden seguiu o conselho de sua equipe de saúde e restringiu viagens da África do Sul, Botswana, Zimbábue, Namíbia, Lesoto, Eswatini, Moçambique e Malaui.

    As medidas proibiam quase todos os estrangeiros que estivessem “fisicamente presentes” nos países durante o “período de 14 dias anterior à sua entrada ou tentativa de entrada nos Estados Unidos”.

    Cidadãos dos EUA, residentes permanentes legais e não cidadãos que sejam cônjuges de cidadãos ou residentes permanentes estavam isentos.

    As restrições foram submetidas a um exame mais minucioso, já que a variante Ômicron se tornou predominante em novos casos nos Estados Unidos.

    Nesta terça-feira (21), Biden afirmou que estava “considerando” suspender as restrições.

    “Estou pensando em reverter [a proibição de viagens]. Vou falar com minha equipe nos próximos dias”, disse Biden a repórteres após um discurso sobre o Covid-19 na Casa Branca.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN