Kamala Harris diz que tensões na Ucrânia podem impactar preços de energia

Vice-presidente dos Estados Unidos afirmou que o país está tomando medidas para se preparar para quaisquer potenciais custos

Kamala Harris, vice-presidente dos EUA
Kamala Harris, vice-presidente dos EUA Getty Images

Nandita Boseda Reuters

Por Nandita Bose, da Reuters

Ouvir notícia

Pode haver um impacto indireto nos preços de energia pagos pelos consumidores norte-americanos devido às tensões em curso entre a Rússia e a Ucrânia, disse a vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, acrescentando que o governo dos EUA está trabalhando para mitigar os efeitos.

Em Munique onde participou de uma cúpula de segurança, Harris disse que os Estados Unidos estão tomando “medidas específicas e apropriadas” para se preparar para quaisquer custos potenciais.

Harris também repetiu a afirmação do presidente Joe Biden de que o presidente russo Vladimir Putin já havia tomado a decisão de atacar a Ucrânia. A Rússia nega que planeja a invasão.

A vice-presidente disse a repórteres que os Estados Unidos vão reavaliar sua ajuda prometida à Ucrânia nos próximos dias.

Os Estados Unidos já disponibilizaram 1 bilhão de dólares em garantias de empréstimos e forneceram 650 milhões de dólares em equipamentos e serviços de defesa ao país no ano passado.

 

Mais Recentes da CNN