EUA vacinaram 600 mil adolescentes entre 12 e 15 anos na semana passada

No total, mais de 4 milhões de pessoas com menos de 17 anos foram vacinadas nos Estados Unidos até agora

Criança recebe aplicação de vacina
Criança recebe aplicação de vacina Foto: Gettyimages

Carl O'Donnell

Reuters

Ouvir notícia

Os Estados Unidos aplicaram vacinas contra a Covid-19 em 600 mil adolescentes com idades entre 12 e 15 anos após agências reguladoras liberarem o uso da vacina da Pfizer e da BioNTech para essa faixa etária, informou a diretora do Centro de Controle e Prevenção de Doenças, Rochelle Walensky em uma teleconferência com a imprensa nesta terça-feira. 

No total, mais de 4 milhões de pessoas com menos de 17 anos foram vacinadas nos Estados Unidos até agora, acrescentou Walensky.

O principal especialista em doenças infecciosas do país, o dr. Anthony Fauci, disse esperar que até o final de 2021 os Estados Unidos tenham dados suficientes para vacinar com segurança crianças de qualquer idade. 

 

Na semana passada, agências reguladoras norte-americanas autorizaram o uso da vacina da Pfizer contra a Covid-19 em crianças com 12 anos ou mais.

A vacina da Pfizer foi a primeira a ser aprovada nos Estados Unidos para o grupo etário entre 12 e 15 anos de idade. A vacinação de pessoas mais jovens é considerada importante para que as crianças possam voltar às aulas em segurança. O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pediu que os Estados tornem a vacina disponível para adolescentes de maneira imediata.

Mais Recentes da CNN