Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Exclusivo: Biden diz que guerra da Rússia deve acabar antes de a Otan considerar entrada da Ucrânia na organização

    Possibilidade de ingresso dos ucranianos no grupo foi utilizada como argumento para os russos invadirem o país vizinho em fevereiro de 2022

    Jeremy Herbda CNN

    Estados Unidos

    O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou, em entrevista exclusiva à CNN, que a guerra da Rússia na Ucrânia deve terminar antes que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) considere a entrada da Ucrânia no grupo.

    Para o mandatário, a Ucrânia ainda não está pronta para ingressar na organização.

    Biden disse que, embora a discussão sobre a adesão iminente da Ucrânia à Otan seja prematura, os EUA e seus aliados no grupo continuarão a fornecer ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, e suas forças a segurança e o armamento de que precisam para tentar acabar com a guerra com a Rússia.

    Biden foi entrevistado pela CNN antes de sua viagem de uma semana à Europa, na qual deve participar dei uma cúpula da Otan na Lituânia. No encontro, a guerra e a pressão de Zelensky pela adesão da Ucrânia à organização deverão estar entre as principais questões a serem discutidas.

    “Não acho que haja unanimidade na Otan sobre trazer ou não a Ucrânia para a família da Otan agora, neste momento, no meio de uma guerra”, disse Biden. “Por exemplo, se fizermos isso, então – estou falando isso mesmo – estamos determinados a nos comprometer com cada centímetro do território da Otan. É um compromisso que todos nós assumimos, não importa qual [país]. Se a guerra está acontecendo [com um membro da Otan], então estamos todos [os membros] em guerra. Estamos em guerra com a Rússia, se for esse o caso”.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original