Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Exército da Ucrânia diz ter tido sucesso em ofensivas durante “batalha feroz” no país

    Segundo porta-voz ucraniano, grande parte dos combates se concentram próximos à Bakhmut; pelo menos 49 confrontos teriam ocorrido na última quarta-feira

    Militares ucranianos dirigem um veículo de combate de infantaria BMP-1 perto da cidade de Bakhmut, região de Donetsk, Ucrânia, em 9 de junho.
    Militares ucranianos dirigem um veículo de combate de infantaria BMP-1 perto da cidade de Bakhmut, região de Donetsk, Ucrânia, em 9 de junho. Viacheslav Ratynskyi/Reuters

    Da CNN

    As forças ucranianas estão reivindicando sucesso enquanto continuam sua ofensiva no sul e no leste do país, com grande parte dos combates ocorrendo perto da cidade de Bakhmut, no leste, segundo um porta-voz do exército.

    “Na direção de Bakhmut, as tropas ucranianas conduziram operações de assalto em Rozdolivka-Krasnopolivka e Berkhivka-Yahidne [linhas de frente] e foram bem-sucedidas”, disse Andriy Kovalov, porta-voz do Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia.

    Em uma atualização, o Estado-Maior afirmou que a Rússia continua concentrando seus esforços primários na região de Donetsk em Lyman, Bakhmut, Avdiivka e Mariinka, com pelo menos 49 combates ocorrendo na quarta-feira (14).

    “Os defensores ucranianos repeliram todos os ataques inimigos nas proximidades da cidade de Mariinka”, afirmou o Estado-Maior.

    Na região sul de Zaporizhzhia, “os combates continuam na área do vilarejo de Makarivka, na direção de Berdiansk”, disse Kovalov, o porta-voz.

    Os combates também estão acontecendo nas proximidades das aldeias de Novodanylivka e Novopokrovka, disse ele.

    “Nenhuma posição foi perdida onde os soldados ucranianos estão defendendo”, afirmou Kovalov.

    “Batalha feroz” em curso na linha de frente da Ucrânia

    Há um “confronto sério em andamento” nas linhas de frente da Ucrânia, disse o vice-ministro da Defesa da Ucrânia na quarta-feira, descrevendo-o como uma “batalha feroz”.

    “Temos uma ofensiva em várias direções, mas o inimigo também conduz uma ofensiva em várias direções. Portanto, a partir de agora estamos simultaneamente na defesa e na ofensiva, mas em direções diferentes”, disse Hanna Maliar à TV nacional ucraniana.

    As forças russas estão tentando impedir a ofensiva da Ucrânia aumentando os bombardeios e ataques aéreos, disse Maliar. “Também vemos o inimigo usando ativamente mísseis guiados antitanque e drones autodestrutivos na tentativa de interromper nossa ofensiva e infligir vários danos”.

    As tropas da Ucrânia estão enfrentando “dificuldades” avançando no sul porque “os campos estão minados”, acrescentou ela, dizendo que as tropas estão avançando “devagar, mas com segurança”.

    Em uma atualização que ecoou a descrição de Maliar sobre os combates, o Estado-Maior das Forças Armadas da Ucrânia disse que a Rússia realizou 37 ataques aéreos e disparou 32 vezes de vários sistemas de lançamento de foguetes contra posições e assentamentos das tropas ucranianas no dia anterior.

    (De Olga Voitovych, em Kiev, Yulia Kesaieva e Sarah Dean)