Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Aqui é o lugar onde foram parar cinco ícones raros retirados secretamente da Ucrânia em guerra

    Museu do Louvre, em Paris, exibe parte de obras extremamente frágeis resgatadas do Museu Bohdan e Varvara Khanenko

    Museu do Louvre exibe ícones raros retirados da Ucrânia
    Museu do Louvre exibe ícones raros retirados da Ucrânia 13/06/2023REUTERS/Gonzalo Fuentes

    Elizabeth PineauAntony Paoneda Reuters

    Paris

    O Museu do Louvre, em Paris, exibirá cinco ícones raros retirados secretamente de Kiev, para protegê-los da guerra.

    Os ícones, em exibição a partir desta quarta-feira (14), são de um grupo de 16 obras extremamente frágeis do Museu Bohdan e Varvara Khanenko, que foram secretamente retiradas em maio para serem protegidas pelo museu de Paris.

    Os objetos viajaram para a França através da Polônia e da Alemanha em um comboio especial.

    Os ícones são retratos pintados estilizados, geralmente de santos, considerados sagrados nas igrejas ortodoxas orientais.

    Quatro dos ícones são pinturas encáusticas em madeira do Mosteiro de Santa Catarina, no deserto egípcio do Sinai, e datam do século 6 e início do século 7.

    O quinto é um ícone de micro-mosaico representando São Nicolau produzido entre o final do século 13 e início do século 14 em Constantinopla, com uma moldura de ouro.

    As outras 11 obras estão guardadas no Louvre.

    “É um gesto muito simbólico e eficaz de apoio à cultura ucraniana”, disse Oleksander Tkachenko, ministro da cultura ucraniano, a repórteres no Louvre.

    “(Os russos) estão roubando nossos artefatos, arruinaram nossos patrimônios culturais e isso mostra o quão grande é a cultura ucraniana, que faz parte do patrimônio mundial”, acrescentou.

    No início da invasão russa, as coleções do Museu Khanenko foram escondidas e o prédio histórico está atualmente vazio.

    Em outubro de 2022, o museu e seus interiores foram danificados por um ataque de míssil a 40 metros de suas paredes.

    A exposição do Louvre, intitulada “As Origens da Imagem Sagrada: Ícones do Museu Nacional de Artes de Bohdan e Varvara Khanenko de Kiev”, continuará até 6 de novembro.