Expo Dubai exigirá dos visitantes comprovante de vacinação ou teste negativo para Covid

“Essa medida aprimorada é responsável, ágil e necessária enquanto nos preparamos para abrir nossas portas ao mundo”, disse a organização do evento

Expo Dubai ocorrerá entre outubro de 2021 e março de 2022
Expo Dubai ocorrerá entre outubro de 2021 e março de 2022 Divulgação/ExpoDubai2020

Reuters

Ouvir notícia

Visitantes que pretendem conhecer a feira mundial Expo Dubai 2020, que acontecerá nos Emirados Árabes entre outubro deste ano e março de 2022, devem apresentar comprovante de vacinação contra a Covid-19 ou teste negativo para a infecção nas 72 horas anteriores. A regra foi divulgada este mês pela organização do evento e se aplica ao público maior de 18 anos.

Durante meses, a organização estadual afirmou que os visitantes não precisariam ser vacinados ou apresentar um teste para entrar na Expo, que começa em 1º de outubro após atraso de um ano causado pela pandemia.

“Continuaremos a seguir a orientação dos principais especialistas em ciência e medicina, ajustando nossas medidas conforme apropriado”, afirmou o diretor-geral da Expo 2020 Dubai, Reem Al Hashimy, em comunicado. “Essa medida aprimorada é responsável, ágil e necessária enquanto nos preparamos para abrir nossas portas ao mundo”.

Dubai, que reabriu para visitantes estrangeiros em julho de 2020, exige que a maioria das chegadas ao exterior apresentem um teste negativo para Covid-19 antes de permitir o embarque em voos para o emirado. Aqueles que chegam de certos países também são testados na chegada.

Para a Expo, serão aceitas vacinas reconhecidas pelo país de origem do visitante, enquanto testes do tipo PCR para detectar a infecção serão oferecidos gratuitamente aos detentores de ingressos, disse o organizador.

As autoridades se ativeram a uma meta pré-pandêmica de 25 milhões de visitantes no total para passar pelos portões da Expo, mais do que o dobro da população de cerca de 10 milhões dos Emirados Árabes Unidos.

Em 2015, a Expo Milão atraiu 21,5 milhões de visitantes.

Os Emirados Árabes Unidos, federação de sete emirados, relata cerca de 600 infecções diárias de Covid-19, desde o pico de fevereiro de cerca de 4.000 casos depois que turistas estrangeiros migraram para Dubai durante o inverno.

O governo não divulga onde estão ocorrendo as infecções no país. As máscaras permanecem obrigatórias em locais públicos e as restrições de capacidade são aplicadas em locais públicos.

Os organizadores já haviam informado que todos os que trabalham na Expo serão totalmente vacinados. O país vacinou totalmente 80% de sua população.

Mais Recentes da CNN