FBI abre 160 inquéritos para investigar envolvidos na invasão do capitólio

Em coletiva, o FBI admite que sabia dos riscos das manifestações com antecedência

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em coletiva de imprensa nesta terça-feira (12), o FBI anunciou que abriu 160 inquéritos para investigar os envolvidos na invasão do Capitólio na última quarta-feira (6). Há até mesmo acusações de homicídio.

Segundo o FBI, pessoas estão sendo presas com acusações simples de penas leves. Isso faz parte da estratégia do órgão federal para prender o maior número de suspeitos possíveis e depois acusá-los de crimes mais sérios, como insubordinação e conspiração, que podem render até 20 anos de cadeia.

 

O promotor público federal do Distrito de Columbia, onde fica Washington, Michael Sherwin, também participou da coletiva e disse que muitos outros envolvidos serão processados. Ele afirmou que já há 70 casos em andamento.

FBI sabia dos riscos

O chefe do FBI em Washington, Steven D’Antuono, disse que o órgão detectou várias ameaças nos dias que antecederam a invasão do Congresso, e que elas foram compartilhados com todos os parceiros da força tarefa de combate ao terrorismo. 

Dessa forma, o FBI admite que sabia dos riscos das manifestações com antecedência.

Manifestantes pró-Trump invadem Capitólio
Manifestantes pró-Trump invadem Capitólio
Foto: Leah Millis/Reuters

(Publicado por Sinara Peixoto)
 

Mais Recentes da CNN