Fisher-Price faz recall de cadeirinhas após morte de quatro bebês nos EUA

Dois modelos foram retirados do mercado após bebês, sem supervisão de adultos, ficarem de bruços em cadeirinhas de balanço

Dois modelos da empresa Fisher-Price foram retirados do mercado após incidentes
Dois modelos da empresa Fisher-Price foram retirados do mercado após incidentes Foto: US Consumer Product Safety Commission

Ray Sanchez, da CNN

Ouvir notícia

A Fisher-Price anunciou o recall de dois modelos de ‘cadeirinhas’ para bebês após a morte de quatro crianças que foram deixados de costas, sem supervisão, e em seguida foram encontradas de bruços.

Em uma declaração conjunta com a Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos Estados Unidos (CPSC), a empresa anunciou na quinta-feira (3) o recall dos modelos ‘Rock ‘n Glide 4 em 1’ e ‘2 em 1 Soothe’ n Play’ da Fisher-Price.

O comunicado afirmou que as mortes relatadas ocorreram em cadeirinhas ‘Rock ‘n Glide 4 em 1’ entre abril de 2019 e fevereiro de 2020, nos Estados Unidos: uma criança de quatro meses em Missouri, uma criança de dois meses em Nevada, uma criança de dois meses em Michigan e um menino de 11 semanas no Colorado.

Nenhuma morte foi relatada nas cadeirinhas ‘2 em 1 Soothe ‘n Play’, de acordo com o comunicado.

“Produtos inclinados, como cadeirinhas e balanços não são seguros para o sono infantil, devido ao risco de asfixia”, afirmou o presidente em exercício da CPSC, Robert Adler.

O gerente geral da Fisher-Price, Chuck Scothon, disse que a empresa está “comprometida em educar pais e cuidadores sobre o uso seguro de todos os nossos produtos, incluindo a importância de seguir todas as advertências e instruções para garantir a saúde e a segurança de bebês e crianças”.

O comunicado disse que cerca de 120.000 cadeiras ‘Rock ‘n Glide 4 em 1’ foram vendidas em todo o país por cerca de US $ 108 de janeiro de 2014 a dezembro de 2020.

Outras 55.000 cadeiras ‘2 em 1 Soothe ‘n Play’ foram vendidas por cerca de US $ 125 de novembro de 2018 a maio de 2021, disse o comunicado.

O comunicado afirma ainda que cerca de 25.000 ‘Rock ‘n Glide Soothers 4 em 1’ e 27.000 ‘2 em 1 Soothe’ n Play Gliders’ foram distribuídos no Canadá.

“A CPSC continua a enfatizar que o melhor lugar para um bebê dormir é em uma superfície plana e firme em um berço, ou chiqueiro”, disse o comunicado.

“Os pais e responsáveis nunca devem adicionar cobertores, travesseiros ou outros itens ao ambiente de sono de um bebê. Os bebês devem sempre ser colocados para dormir de costas.”

(Texto traduzido, leia original em inglês aqui)

Mais Recentes da CNN