Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Forças russas atacaram cidade com maior usina nuclear da Europa, diz autoridade ucraniana

    Trabalhadores impediram acesso à estrada que chega até usina de Zaporizhzhia nesta quarta-feira (2)

    ENERHODAR CITY COUNCIL

    Natalia Zinetsda Reuters

    Forças russas abriram fogo na cidade ucraniana de Energodar, próxima à maior usina nuclear da Europa, disse um assessor do Ministério do Interior da Ucrânia, Anton Herashchenko. Ele falou dos ataques em postagens nas redes sociais nesta quinta-feira (3).

    Herashchenko disse que as tropas russas estão intensificando os esforços para assumir o controle da usina nuclear de Zaporizhzhia, no sudeste da Ucrânia. Trabalhadores do lugar vivem na cidade vizinha de Energodar.

    Na semana passada, a Rússia tomou a usina desativada de Chernobyl, a cerca de 100 quilômetros ao norte da capital da Ucrânia, Kiev. Na quarta-feira (2), centenas de trabalhadores e moradores bloquearam uma estrada de acesso a uma usina nuclear ucraniana perto de Enerhodar, enquanto as forças russas avançam na área.

    Vídeos postados em um perfil no Facebook da autoridade local mostraram uma grande multidão carregando bandeiras ucranianas bloqueando a estrada na manhã desta quarta. Caminhões de lixo também estavam sendo usados ​​para bloquear a via.

    “Transmitimos a posição de nossa cidade e seus moradores de que a ZNPP [Central Nuclear de Zaporizhzhia] está sob proteção confiável, que seus trabalhadores e moradores estão sob bandeiras ucranianas”, disse Dmytro Orlov, prefeito de Enerhodar, no Facebook.

    Na terça-feira (1º), o diretor-geral Rafael Mariano Grossi já havia informado que as forças militares russas assumiram o controle do território em torno da usina.

    *Com informações da CNN Internacional